Menu

Na Quadrada das águas perdidas

Facebook Twitter Instagram Mapa

Na Quadrada das águas perdidas

Na Quadrada das Águas Perdidas

Na Quadrada das Águas Perdidas nadou contra as correntezas do rio São Francisco e do mercado cinematográfico brasileiro. Desde sua concepção até seu reconhecimento, concretizado nos prêmios e nas participações em festivais de cinema, nosso filme trouxe a marca da determinação de realizar o primeiro filme dos Sertões finalizado em 35mm, rodado e distribuído nacionalmente com lançamentos simultâneos nos cinemas das cidades de Petrolina, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Porto Alegre. Nosso primeiro longa-metragem é uma conjugação de vontades que nos trouxe ensinamentos, desafios, prazeres e felicidade: desafio de injetar dinamismo na trajetória de seu único personagem; aprender a trabalhar com animais ariscos e nem sempre muito amigáveis; o prazer de dirigir um dos maiores atores do Brasil, o parceiro, cúmplice e amigo Matheus Nachtergale; a felicidade de contar com a parceria talentosa de Elomar e de Geraldo Azevedo entre tantos outros.

Tudo isso traz a certeza de que valeu a pena ousar. Claro que sem o incentivo financeiro do Governo do Estado de Pernambuco através dos editais do FUNCULTURA nas etapas de finalização e distribuição e do apoio de uma equipe engajada no projeto, nada teria sido realizado; O brilho não seria o mesmo e não seriam tão doces os frutos do trabalho de todos. Mergulhar e espalhar esse universo catingueiro no Brasil e exterior, onde o filme foi e continua a ser exibido – é um marco, já que até então não havia um documento audiovisual que retratasse o modus vivendi do homem da caatinga, suas crenças, valores e costumes. A fauna e flora transcenderam os moldes do documentário numa ficção rica de realidade e sobretudo despida dos tão massificados estereótipos tanto do árido Sertão, quando do ser humano que o ocupa. Sempre foi subestimada sua beleza, suas cores e sua diversidade; sempre ficaram ocultos os métodos que os catingueiros usaram para sobreviver em uma Natureza hostil e áspera à primeira vista, mas acolhedora e suave quando se aprende a conviver com ela. Temos muito orgulho da importância deste documento para as gerações futuras.

Na Quadrada das Águas Perdidas nadou contra as correntezas porque buscou a essência e a fonte dessa grande riqueza que nos acena dali, longe dos irmãos que vivem outros Brasis e daqui, tão perto e tão serena por traz das fronteiras urbanas do nosso tão amado Sertão.

Wagner Miranda / Marcos Carvalho
Roteiro, produção e direção




borda3.png

Na Quadrada das águas perdidas

Premiações

Na quadrada das águas perdidas teve o seu pré lançamento Nacional no dia 16 de junho de 2011 no XXI Cine Ceará - Festival Ibero-Americano de Cinema numa exibição de encerramento "hors concours", e o seu lançamento Mundial em mostras competitivas no dia 19 de agosto de 2011, durante o IV Festival de Cinema de Triunfo. Abaixo relacionamos parte dos reconhecimentos alcançados pelo filme.

  • Prêmio Ministério da Cultura de Ineditismo - Cine Ceará 2011;
  • Melhor Filme - Festival de Cinema de Triunfo - 2011;
  • Melhor Fotografia - Festival de Cinema de Triunfo - 2011;
  • Melhor Trilha Sonora - Festival de Cinema de Triunfo - 2011;
  • Prêmio Federação Pernambucana de Cineclubes - XVI Cine-PE Festival do Audiovisual - 2012;
  • Melhor Fotografia - Festival de Cinema de Maringá - 2012;
  • Melhor Ator - Festival de Cinema Curta Amazônia - 2012;
  • Melhor Fotografia - Festival de Cinema de Curta Amazônia - 2012;
  • Melhor Trilha Sonora - Festival de Cinema Curta Amazônia - 2012;
  • Melhor Filme Estrangeiro - VIII Festival Cine del Paso - Colômbia - 2012;
  • Melhor Roteiro - VIII Festival Brasileiro de Filmes de Aventura e Turismo (São Paulo) - 2012;
  • Melhor Ator - Festival Nacional Curta Sertões - 2012
  • Melhor Trilha Sonora - Festival Nacional Curta Sertões - 2012
  • Melhor Direção de Arte - Festival Nacional Curta Sertões - 2012
  • Melhor Ator - Festival Brasil de Cinema Internacional (Rio de Janeiro) - 2013;
  • Melhor Filme - Festival Brasil de Cinema Internacional (Rio de Janeiro) - 2013;
  • Jun/2011 - Pré-estreia Nacional, XXI Cine Ceará - Festival Ibero-Americano de Cinema.

  • Jun/2011 - Pré-estreia Nacional, XXI Cine Ceará - Festival Ibero-Americano de Cinema.

  • AGO/2011. IV FESTIVAL DE CINEMA DE TRIUNFO

  • AGO/2011. IV FESTIVAL DE CINEMA DE TRIUNFO

Na Quadrada das águas perdidas

Circuito Cormecial

Homem e animais, ambos desafiando os desígnios da natureza em busca da sobrevivência... Busquei no recôndito da memória imagens e filmes análogos à travessia dos personagens e no afã imediato (entre a tela em tempo real) e as vãs lembranças, encontrei analogia na linguagem e estética dos filmes: O País de São Saruê, Vidas Secas, Cruviana e Seca Sega.

Parabéns aos diretores, ator e equipe, pela lúdica poesia que envolve pela sensibilidade, a sinecura adversa do ambiente, que envolve o espectador também pela trilha sonora e além de tudo, obrigar a uma reflexão de que cinema não é só diversão, "a vida quer é coragem".

Berê Bahia

  • ilustração
  • ilustração
  • ilustração
  • ilustração

Na Quadrada das águas perdidas

Ficha Técnica

UMA REALIZAÇÃO MONT SERRAT FILMES e MARACATU NAÇÃO MATINGUEIROS

CO-PRODUÇÃO CAMMAR áudio&vídeo e PROJETO CINEMA NO INTERIOR

ELENCO MATHEUS NACHTERGAELE

SUPORTE TÉCNICO 72 BIMtz, IBAMA, UNIVASF, PARQUE dos FALCÕES

ADESTRADORES DE AVES DE RAPINA JOSÉ PERCÍLIO e ALEXANDRE CORREIA

MANEJO E CONSERVAÇÃO DA FAUNA E FLORA JOSENILTON RODRIGUES

CONSULTORIA DO BIOMA ITAJAÍ H.SILVA

DIREÇÃO DE ARTE GICIA MAZDA

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA MARCOS CARVALHO, WAGNER MIRANDA, CAMILO MELO

PRODUÇÃO JOSENILTON RODRIGUES

EQUIPE DE PRODUÇÃO QUEBEC CARVALHO, RÔMULO BEZERRA, BETO GOMES, THACLE SOUZA, NILDO GOMES, KIKO, Cb MICHEL PLATINI, Sd BRAZ AMORIIM, Sd MOISÉS SANTOS, Sd GILDEVAN SOUZA, Sd ADRIANO SANTOS, LAELSON ALENCAR, JOÃO PAULO, LEONARDO RAPOSÃO, HIGOR EMANOEL, RICARDO AZEVEDO, DAVID FELIX, GLEICIANA SANTOS, PATRÍCIA SILVA

DUBLÊS GUTO CARVALHO e GICIA MAZDA

STILL PAULO NOVAIS, SÉRGIO SÁ, DÁRIO PEIXOTO, ALEXANDRE JUSTINO

MOTORISTAS Cb ROBERTO NUNES, Sd EDILBERTO SANTOS, Sd ERIVANO ALVES

CARPINTEIROS Sd GENILSON SILVA, Sd EDINELDO SANTIL

FOLEY, EDIÇÃO DE SOM E MIXAGEM ALBÉRICO JÚNIOR e CARLOS MONTENEGRO

MIXAGEM DOLBY 5.1 DIONÍSIO FERREIRA e THIAGO PICCININI

CONSULTOR DOLBY CARLOS B KLACHQUIN, ABC

TRANSCRIÇÃO ÓTICA LABO CINE

TRATAMENTO DE IMAGENS E EFEITOS CAMILO MELO, DIRCEU LUSTOSA e GILBERTO SANTANA

CRIAÇÃO GRÁFICA E PREPARAÇÃO PARA TRANSFER GILBERTO SANTANA

FILM-RECORDER E SUPERVISÃO RONALD PALATNIK

TRANSFER DIGITAL-TO-FILM 35MM MOVEDOLL

MIXAGEM DOLBY 5.1 ESTÚDIOS CARRANCA e ROB FILMES

ASSESSORIA de IMPRENSA CARLOS LAERTE e PROCULTURA

ASSESSORIA JÚRIDICA AFONSO MOURA & ALMEIDA VALENÇA - ADVOGADOS ASSOCIADOS

ASSESSORIA WEB PRÁTICA INTERNET

DISTRIBUIÇÃO POLIFILMES, MONT SERRAT FILMES e CANDIERO PRODUÇÕES

PRODUÇÃO EXECUTIVA MARCOS CARVALHO, WAGNER MIRANDA, ÁLVARO SEVERO e LARA VELHO

DIREÇÃO MUSICAL WAGNER MIRANDA

TRILHA SONORA MATINGUEIROS, ELOMAR FIGUEIRA MELLO e GERALDO AZEVEDO

ROTEIRO e DIREÇÃO WAGNER MIRANDA e MARCOS CARVALHO

Na Quadrada das águas perdidas

Depoimentos

  • É uma história feita de malícia, sabedoria, silêncio e ações.

    Luiz Zanin - O Estado de S Paulo

  • Olegário está só, diante de um meio ambiente que parece caprichoso o sufuciente para lhe merecer todas as atenções e cuidados. Não existe um antagonista, pelo menos não no sentido clássico do termo. O antagonista seria o Sertão. Mas, para quem o conhece, ele pode ser um aliado.

    Luiz Zanin - O Estado de S Paulo

  • A trilha é belíssima. O filme é soma só de imagens e música. Nenhum diálogo. Tudo é silêncio.

    Maria do Rosário Caetano
    Jornalista, Pesquisadora e escritora

  • Mais do que um filme, um milagre dos sertões

    Tairone Feitosa

  • Na quadrada das águas perdidas é um documentário sobre a caatinga, que veste a roupa da ficção e conta com um ator que tudo diz sem pronunciar uma única palavra.

    Luiz Zanin - O Estado de S Paulo

  • Uma Ópera Catingueria

    Rodrigo Fonseca - O Globo

Na Quadrada das águas perdidas

Parceiros

  • Uma REALIZAÇÃO

    montserrat matingueiros
  • Uma CO-PRODUÇÃO

    cammar candiero parque-falcoes terra-brasilis cinema-interior

  • INCENTIVO

    ancine ancine funcultura fundarpe secretaria-cultura governo estado pe

Projeto Selecionado no III e V Edital de Fomento ao Audiovisual de Pernambuco

Contatos:
montserratfilmes@yahoo.com.br / matingueiros@gmail.com